Thursday, June 01, 2017

O relativismo moral é irracional e contra os direitos humanos

Os códigos morais variam conforme o contexto sócio-histórico-cultural. Mas defender que não existe a possibilidade de uma ética objetiva (de que é impossível definir objetivamente o que é bom ou mau, após a análise criteriosa e sistemática de alguns contextos específicos das interações entre os seres que sofrem) é definitivamente jogar todo empenho, história e utilidade da Ética e da Bioética no lixo. E mais: se a ética é subjetiva, definir o que é bom ou mau depende somente de uma guerra de umbigos. Isso é irracional: afirma a força como mais importante do que a razão. Afirma que no final das contas o veredito será dado em favor do mais forte. É permitir a ditadura da maioria. É ser contra os direitos humanos.

No comments: